kl_mag_my-herbarium_quinine_header_2880x880 1920x500

O meu herbário Quinina, da casca da febre ao campeão da prevenção da queda de cabelo

Está à nossa volta, acompanha-nos desde a nossa infância, encontramo-lo nos nossos produtos e nos nossos pratos. Eva Dumaine, botânica, fala-nos das plantas com as suas próprias palavras. E bens naturais excecionais.

Pode não saber o seu nome, mas pode prová-lo na ponta da sua língua. Quinina, um extrato da casca da árvore Cinchona, dá um sabor deliciosamente amargo aos tónicos que são misturados com gins e vodkas dando o impulso que faz vibrar as papilas gustativas. O meu primeiro encontro, ao mergulhar os lábios no cocktail amargo que se tinha desviado para o meu lado da mesa, resultou numa careta e num golo mais do que duvidoso! Alguns anos mais tarde, eu não diria não, mas isso é outra história! O que me fascina na Quinina é que muito antes de chegar aos nossos copos, passou pelo tempo nos ombros dos conquistadores, tratou reis, curou papas e exércitos, e finalmente tornou-se o nosso aliado de maior confiança na luta contra a queda de cabelo! Um verdadeiro herói cuja história pode ser recontada em apenas algumas frases.

  • <span class="ezstring-field">kl_quinine_active-ingredient_field_plant_2020 -8- 367x460</span>
  • <span class="ezstring-field">kl_quinine_active-ingredient_field_plant_2020 -53- 367x460</span>
  • <span class="ezstring-field">kl_quinine_active-ingredient_field_plant_2020 -29- 367x460</span>

A Cinchona Vermelha é encontrada nas encostas dos Andes, onde é conhecida como "casca de febre" desde o início dos tempos, mas só quando foi trazida para a Europa pelos missionários jesuítas no século XVII é que começou a aparecer em tratamentos médicos. Louvada pelos Papas em Roma pela eficácia das decocções tiradas da sua casca contra a malária e as febres que assolavam a cidade todos os verões, derrubou a medicina tradicional da sangria ao "curar milagrosamente" o Rei Carlos II de Inglaterra e o Delfim de França.

O estudo da ação dos extratos da sua casca e a identificação da sua molécula emblemática, Quinina, levou ao desenvolvimento dos primeiros medicamentos anti-malária, que foram utilizados em massa até à Segunda Guerra Mundial, quando, após a destruição da maioria dos stocks, foi preferida uma alternativa sintética. Na década de 1970, a Klorane interessou-se por este "tónico", cujas propriedades foram gradualmente descobertas: a sua combinação única de alcalóides e proantocianidinas revelou-se impressionante na ação sobre a angiogénese (a fase de crescimento do cabelo). Resultado: mais de meio século após ter sido utilizado pela primeira vez em fórmulas, a nossa gama líder na prevenção da queda de cabelo na Europa ainda se baseia na eficácia da Quinina, agora combinada com Edelvaisse dos alpes suíços e Manganês para uma ação completa sobre todo o ciclo do cabelo. A nossa cadeia de abastecimento eco-responsável no Equador, a casa original da Cinchona, apoia os produtores locais nos seus esforços de preservar o recurso através do dimensionamento da casca removida em relação à capacidade de regeneração das árvores. A Klorane Botanical Foundation também está a desenvolver projetos de reflorestação sustentável. Pensará nisso na próxima vez que pedir um gin tónico!

Descubra os nossos produtos

Champô com Quinina e Edelvaisse BIO

Quinina Cabelo

Champô com Quinina e Edelvaisse BIO

Ajuda a fortalecer - Limpa

KeratinCaps - Suplemento Alimentar

Quinina Cabelo

KeratinCaps - Suplemento Alimentar

Ajuda a fortalecer - Revigora o cabelo

Condicionador com Quinina e Edelvaisse BIO

Quinina Cabelo

Condicionador com Quinina e Edelvaisse BIO

Desembaraça - Revitaliza - Ajuda a fortalecer

Voltar ao topo